Projetos RELer&fazer - rede de experiências em leitura

Agendas Colaborativas de Promoção de Leitura

Sonhos que se sonham juntos são mais realidade, conhecemos a canção e sabemos o quanto ela pode ser verdade. Você também acha que a Leitura é tão importante que merece seu engajamento, mas que os "problemas da leitura" são tão grandes que não podem ser resolvidos nem por uma pessoa, nem por um grupo, nem por uma institituição, mas por um conjunto de ações articuladas e integradas que provoquem e reforcem a promoção de leitura, de forma pontual ou regular no mais diversos tipos de contextos e situações socioculturais.

Num mundo cada vez mais gamificado, com novas formas de pensar a economia e as relações de produção e de consumo, o tempo e a atenção acabam sendo percebidos como commodities. Gastar o tempo dos cidadãos com leitura literalmente vale ouro para indivíduos, grupos e instituições que já tenham compreendido o valor e a extensão de termos de  "inteligência coletiva", "sociedade de informação". O "Passaporte da Leitura" envolve um conjunto de reconhecimentos de valor simbólico sintetizados na forma de certificados, títulos e outras formas de creditação que, além de gerarem "capital cultural" e "currículo", possam também gerar acesso a bens e serviços colocados à disposição da rede RELer&fazer por doadores, parceiros e outras formas de captação de recursos permitidas em lei.

  • Círculos de Mediadores de Leitura: são grupos locais voltados para a formação e o intercâmbio entre agentes de mediação de leitura atuantes em municípios e regiões de todo o Estado.

  • Jornadas de Formação Continuada  para Mediadores de Leitura: são eventos formativos de curta duração voltados para o estímulo à promoção de leitura e a qualificação de mediadores em, virtualmente, todos os contextos de leitura identificados nos municípios e regiões do Estado.

  • Observatório de políticas públicas para o Livro e a Leitura: são grupos de trabalho dedicados ao monitoramento de ações políticas capazes de afetar as dinâmicas individuais, grupais e institucionais de leitura em todo o Estado e no País.

  • 7 Quintas Temáticas: trata-se de ciclos mensais de apresentações e relatos de profissionais envolvidos com a difusão da leitura em contextos locais e regionais.

  • Seminários Metodológicos: são agendas de estudo e discussão dedicadas ao aprofundamento, crítica e difusão de referenciais metodológicos úteis a gestores culturais e educacionais, e também aos mediadores atuantes nos mais diversos tipos de contextos de leitura de municípios e regiões em todo o Estado.

IMG-RELEREFAZER-menina-lendo-sobre-pilha-de-livros.png
  • Clubes de Leitura: são agendas realizadas por pequenos grupos, para leitura conjunta e discussão de textos literários e não-literários, de forma presencial ou remota.

  • Encontros de Leitores: são reuniões de grupos de leitores identificados com repertórios de leitura específicos, para confraternização, intercâmbio e planejamento de calendários de ações de leitura de caráter cultural e educacional.

  • Festas e Festivais do Livro e da Leitura: são eventos comemorativos e temáticos que geram visibilidade para agendas, pautas e outras questões afins ao domínio amplo da promoção de leitura literária e não-literária.

  • Mostras de Leitura, do Livro e da Literatura: são exposições eventuais, permanentes e itinerantes que visam a difundir autores, obras e editoras tanto para o público leigo quanto para o especializado.

  • Pontos de Leitura e Bibliotecas Comunitárias: são acervos e ambientes de leitura literária e não-literária disponibilizados para comunidades diversas, com finalidade cultural e/ou educacional.

Avião de papel
3003093.jpg